Notícia

Conheça iniciativas da quebrada que atuam com o bem estar e cuidado feminino

Edição:
Evelyn Vilhena

Leia também:

Do yoga à autonomia financeira, confira seis iniciativas periféricas que atendem mulheres, principalmente em situação de vulnerabilidade social, em diferentes regiões de São Paulo. 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.


Encontro de mulheres promovido pela iniciativa Ilera. Foto: Sheyla Melo

Quando se trata de autocuidado,  a quebrada reinventa espaços e iniciativas que buscam atuar com o bem estar e a saúde dos moradores das periferias. Selecionamos seis iniciativas periféricas que atendem mulheres, principalmente em situação de vulnerabilidade social, em diferentes regiões de São Paulo.

“Estar no projeto, não só como paciente, é muito interessante porque não era isso que a gente entendia como psicologia, como o atendimento a população negra, A gente achava que era algo distante e hoje fazemos terapia em grupo, ao lado de mulheres incríveis”

 Ana Sanches, colaboradora da Casa de Marias, zona leste.

 As atividades fornecidas envolvem desde atendimento com profissionais de psicologia, nutricionistas, yoga, roda de escuta e acolhimento, curso de línguas e até aulas de barco a vela. Os encontros listados podem ser online, presencial ou híbrido. Confira:

Roda de Afeto e Rede de Proteção

O projeto é uma iniciativa do movimento das mulheres ativistas da Rede do Fundão do Grajaú, que existe desde 2018, e oferece atividades de autocuidado, além de cursos de espanhol e aulas de barco a vela. A iniciativa surgiu a partir de necessidades identificadas através do trabalho de agentes de saúde. Os encontros acontecem todas as quintas-feiras, às 8h, em formato online, com encontros presenciais periódicos.

Formato: híbrido
Encontros: Link do zoom
Redes sociais: Lais Guimarães e Roda de Afeto e Rede de Proteção

Ciranda de Mulheres – Biblioteca Djeanne Firmino 

A Biblioteca Djeanne Firmino, que está localizada no Jardim Olinda, bairro do Campo Limpo, zona sul de São Paulo, oferece encontros semanais do Ciranda de Mulheres, com atividades de yoga, conversas e roda de autocuidado.

Formato: online
Encontros: Google Meet
Para saber mais: Biblioteca Djeanne Firmino

Amor e Cura – Instituto Favela da Paz

A iniciativa existe há cerca de cinco anos, mas os encontros acontecem há dois. As atividades são terapia em grupo, vivências com mulheres, além de retiro do Sagrado Feminino, com a proposta de criar espaços de autoconhecimento feminino, identidade e reconexão.

Formato: híbrido
Para participar:  WhatsApp
Para saber mais: Instagram 

Cooperativa Libertas

A Cooperativa Libertas trabalha com desenvolvimento social, visando a autonomia financeira de mulheres que passaram pelo sistema prisional. Nesse espaço as mulheres aprendem a desenvolver produtos e artes têxteis.

Para saber mais: site e Instagram

Manifesto Crespo

É uma iniciativa de arte-educação formada por mulheres negras que dialogam sobre identidades, gênero e práticas antirracistas. Entre as diversas ações do grupo, o Ateliê Casa Crespa, é um espaço dedicado ao cuidado holístico e espiritual através de práticas ancestrais como benzimento, utilização de ervas, rituais de acolhimento e cura. Além disso, a iniciativa atua com atividades de estamparia, trancistas, entre outros.

Formato: híbrido.
Local: Jabaquara, zona sul, SP.
Para saber mais: Site e Instagram

Ilera 

A Ilera é uma iniciativa voltada para o uso dos saberes de raízes negras e indígenas, com intuito de reforçar e atuar na promoção da saúde. O objetivo é mostrar que é possível cuidar da saúde como nossas mães, avós, ancestrais e mestras cuidavam. A partir da união de mulheres que atuam através de seus saberes com ervas, ensinam a fazer pomadas, lambedores, sabonetes, escalda pés, entre outras formas de autocuidado.

Local: Parque Guaianazes, zona leste, SP.
Para saber mais: Instagram

Autor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.

Pular para o conteúdo