NOTÍCIA

Aplicativo conecta moradores com empregos nas periferias de São Paulo

Usuários podem tirar fotos de oportunidades de emprego nas periferias e compartilhar diretamente na plataforma, para impactar moradores de diversas regiões.
Edição:
Ronaldo Matos

Leia também:

Atualmente, três mil vagas de empregos nas periferias estão abertas em São Paulo, localizadas principalmente nas zonas norte e leste da cidade. Para acessar e compartilhar as vagas, basta fazer o download do aplicativo Trampolim no link: trampolim.app/aplicativo. O serviço é gratuito e está disponível para smartphones com sistema Android e IOS.

Na prática, os usuários se cadastram na plataforma e, além de acessar vagas de seu interesse por região e área de atuação, podem compartilhar oportunidades que beneficiem outros profissionais – daí o caráter colaborativo.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.

Qualquer pessoa pode fotografar vagas anunciadas em vitrines comerciais nos territórios periféricos ou grupos online e replicar no aplicativo a quem possa interessar. Mais de 30 mil usuários já participam dessa corrente do bem.

Vagas de emprego anunciadas em muros e comércios das periferias são compartilhadas no aplicativo Trampolim. (Crédito: Reprodução Facebook)
Vagas de emprego anunciadas em muros e comércios das periferias de São Paulo são compartilhadas no aplicativo Trampolim. (Crédito: Reprodução Facebook)

Desemprego na quebrada

O desemprego é uma realidade presente na vida das pessoas que moram em regiões afastadas do centro da capital. A zona sul de São Paulo, uma das mais distantes do centro da cidade, é a que registra o maior índice de desempregados, 15,5%.

Em segundo lugar, vem a zona norte, com 13,9% e em terceiro a leste, com 12,1%. Os índices de desemprego são menores na região central de São Paulo (10,1%). A taxa de oferta de emprego formal chega a ser 200 vezes maior no distrito da Barra Funda, por exemplo, do que em Cidade Tiradentes, segundo o Mapa da Desigualdade 2022.

Sustentabilidade

Além da plataforma beneficiar diretamente moradores das periferias que estão em busca de uma nova oportunidade de trabalho, o aplicativo possui uma ferramenta voltada para empreendedores que precisam contratar funcionários nas periferias.

“O aplicativo nasce como uma ferramenta para facilitar a contratação desse público que, normalmente, não possui um profissional de recursos humanos responsável pelos processos seletivos ou recursos financeiros para anunciar em sites pagos”, afirma Bruno Rizzato, um dos desenvolvedores da solução.

O ferramenta Trampolim Empresas, integrada aplicativo também auxilia comércios informais a receber e filtrar currículos, sem a necessidade de cadastrar um CNPJ – realidade de 71% dos empreendedores no país, conforme dados do Data Favela. Entre os negócios abertos nas comunidades brasileiras, os tipos mais comuns são restaurante (15%) e salão de beleza (10%).

Autor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.

Pular para o conteúdo