Correspondência Poética promove literatura da periferia na Biblioteca Mario de Andrade

Edição:
Redação

Leia também:

O Coletivo convida Binho e Serginho Poeta ambos militantes do movimento dos saraus paulistanos para um “Ensaio Poético” sobre a obra “Donde Miras – dois poetas e um caminho”.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.


Com o objetivo de promover a poesia produzida nas periferias do Brasil, nesta terça-feira (12), o Coletivo Correspondência Poética convida Binho e Serginho Poeta, ambos militantes do movimento dos saraus paulistanos para um Ensaio Poético, na biblioteca Mario de Andrade, localizada no centro de São Paulo.

O Ensaio Poético, iniciativa criada pelo coletivo visa convidar escritores para falar sobre literatura, política e mostrar trechos de sua obra. “É importante fazer um registro da obra de poetas como o Binho e o Serginho, que foram muito importantes para a difusão da proposta dos saraus na cidade”, explica Alisson da Paz, articulador cultural do coletivo que organizou em 2014, o I Festival de Poesia da cidade de São Paulo.

“Em 2011, a gente olhou e pensou, falta um registro sobre a linguagem das obras que são produzidas. Pensando nisso, criamos este projeto inspirado no programa Ensaios da TV Cultura, a fim de ressaltar o papel dos autores e a importância da literatura periférica para a cultura brasileira”, conclui da Paz.

Clique aqui e conheça um pouco mais sobre o trabalho do coletivo e a sua importância no processo de fortalecimento da literatura periférica.

Autor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.