A corrida do hoje

Leia também:

Esses dias me peguei pensando o quanto me subestimo.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.


Esses dias me peguei pensando o quanto me subestimo. Sabe, às vezes nós mesmos duvidamos do nosso potencial, de quanto podemos realizar e correr atrás dos nossos sonhos.

Já rolou isso com você? 

Eu fico num looping infinito, e toda vez é como se o mesmo filme se repetisse de novo…. de novo… e de novo.

E é como se nada realizasse. 

Um filme entre sobreviver, não ter, a dúvida incessante de quando conseguirei, de quando terá trabalho.

Ter que se manter e sobreviver acho que hoje é o que faz a maioria das pessoas desistirem de correr atrás daquele sonho que tanto almeja, mas que muitos nos chamam de loucos.

Para nós da periferia a correria é tão mais dobrada. É correr para dois lados ao mesmo tempo.

Nós estamos em dois lugares ao mesmo tempo nessa corrida, a corrida para poder comer e sobreviver, e a corrida para tentar sonhar e viver, que loucura!

Quero expressar hoje o que talvez milhões de autônomos vivem. Correr atrás daquilo que acreditamos dói, ir contra a maré dói, não seguir o que todos fazem pode parecer loucura, mas eu ainda prefiro acreditar em meus sonhos, lutar e correr por eles até se realizarem.

Se vão se realizar? Não sei, mas isso é tema pra outro texto.

Autor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.