Vitória Guilhermina

/xxvitoriaalves @_vitoriaae Moradora do Rio Pequeno, zona oeste de São Paulo, Vitória Guilhermina, 20, é formada em Orientação Comunitária pela Etec CEPAM. Em 2018 ela se formou em Práticas Jornalísticas Nas Periferias pelo programa de formação Você Repórter da Periferia. Ela atua em seu território com projetos de participação política, como o Cursinho Livre Cláudia Silva Ferreira. Por meio da escrita, ela está aprendendo a ser cientista social fazendo jornalismo de quebrada.

“Tem discriminação principalmente se for uma doula preta”, doulas refletem sobre a regularização da profissão

Sem regulamentação, o trabalho de Doulas ainda se caracteriza como uma atividade informal e com poucas garantias, principalmente para profissionais de...

“A demarcação de terra é baseada no modo de vida do não indígena”, denúncia Thiago Djekupe

Luta pela demarcação de terras criminaliza povos indígenas e impede ações coletivas, que poderiam unir as periferias, favelas e quilombos.

“As maiores vítimas têm a mesma cor e mesmo endereço da bala perdida”, afirma Elaine Mineiro sobre danos das enchentes

Iniciativa mapeia enchentes nas periferias de São Paulo com o intuito de comparar dados oficiais e pesquisadora de cidades aponta a necessidade de políticas públicas antirracistas para lidar com as consequências.

Batalhas de rima discutem gênero e sexualidade nas periferias

Com intuito de criar espaços para pautar gênero e sexualidade dentro do território, a Batalha de Guaiana e Batalha da Encruzilhada...

“Quando você fica tanto tempo no transporte a cidade muda”, afirma poeta sobre direito à cidade

Através da poesia, Midria Pereira busca construir narrativas que dialoguem com sua identidade e reivindica o direito de acessar todos os...

Agentes culturais se articulam contra terceirização das Casas de Cultura em São Paulo

Articuladores locais apontam que o processo de terceirização impacta trabalhadores da cultura e o diálogo direto com iniciativas culturais dos territórios. Reunião...

Artistas visuais retratam seus territórios e identidades a partir de suas criações

Através de um olhar afetivo, político e crítico, artistas visuais da quebrada pautam sobre suas identidades e símbolos periféricos em suas...
Pular para o conteúdo