Notícia Territórios Criativos

Rashid destaca importância da Virada Cultural para o lazer na periferia

O rapper ressaltou para a equipe de reportagem do Você Repórter da Periferia, a importância do rap para a periferia e a iniciativa do evento de estruturar bons palcos para apresentações em diversas regiões da cidade.

A Virada Cultural, evento que acontece anualmente em São Paulo, teve muitas atrações entre elas, o rapper Michel Dias Costa, mais conhecido como Rashid no cenário do rap nacional. Ele se apresentou no palco da Ocupação Sesc no Parque Dom Pedro II, fechando a programação do evento.

Em sua terceira participação na Virada Cultural, ele destaca a importância do evento estar distribuído por toda a cidade e não só concentrada no centro. "Estou muito feliz porque esse ano tem vários palcos pelas quebradas e não está só concentrado no centro. Tem quer ter cultura de graça nos espaços públicos no centro da cidade e nas quebradas também", diz.

O Rapper que também atua como compositor e produtor argumentou sobre a importância do rap para a periferia. "O rap é um grande veículo, não só de protesto, mais é uma saída para vários moleques que poderiam estar enfiado em coisas erradas. E vê no rap uma saída de emergência, uma válvula de escape".

Rashid ressaltou também que pretende atingir todos os públicos com sua música. "Minha música não tem freio, não só minha música, mas no rap. Não se pode colocar freio em músicas que tem tanta coisa pra dizer, temos que deixar que todo mundo ouça". Ele afirmou ainda que está começando a gravar o seu primeiro álbum oficial. 

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 17 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://desenrolaenaomenrola.com.br/