Notícia Territórios Criativos

Festival “Fotografia em Tempo e Afeto” debate sobre meio ambiente para além da ideia de Amazônia

 A 5ª edição do festival possui o tema "Meu Meio é o Meio Ambiente", e neste ano acontece em formato híbrido, com ações presenciais em Porto Velho (RO) e atividades virtuais para todo Brasil.
Fotografia coletiva de Cayo Aguiar e Tays Chaves

 Até o próximo domingo, dia 27, é possível conferir a 5ª edição do Festival Fotografia em Tempo e Afeto, uma maratona de composições visuais idealizada pela fotógrafa Marcela Bonfim, que busca captar em suas lentes a diversidade e a presença negra na Amazônia.

A mostra foi produzida a partir de galerias disponibilizadas pelas ruas de Porto Velho, em formato de lambe-lambe, e disponibilizadas em uma plataforma online. Mais de 130 artistas e ativistas participaram pensando e compondo a visualidade em conjunto com a cidade.

"Temos a consciência dos males que os estigmas e regimes de invisibilidade significam em nossa região, quando percebemos, por exemplo, homens e mulheres desaparecendo dentro do meio ambiente. É o caso dos povos indígenas, populações negras e quilombolas", aponta Marcela Bonfim, idealizadora do festival que acontece desde 2017. 

"Por isso, a fotografia é também uma forma potente de discutir as questões políticas da região amazônica, principalmente destacando a forma de refletir de quem é de dentro da região e questionando as reflexões externas"

Marcela Bonfim

O evento é fruto de um trabalho coletivo com obras de diversos artistas, como Aline Motta (SP), Ana Lira (PE), Eder Lauri (RO), Gal Cipreste Marinelli (RJ), Lia Krucken (BA), Marcela Bonfim (RO), Paula Sampaio (PA), Pi Suruí (RO), Rodrigo Masina Pinheiro (RJ), Rogério Assis (PA) e Washington da Selva (BA).

Toda a exposição resultará em um catálogo, que será lançado no domingo, 27 de março, e ficará disponível gratuitamente no site do festival.

No site é possível acompanhar o resultado das ações que foram lançadas e aconteceram no início de março: tour virtual pela montagem das galerias de artes visuais nas ruas de Porto Velho, performances e exposição online

Meu Meio é o Meio Ambiente 

Um dos objetivos do festival é mostrar a fotografia como uma ferramenta de poder, tanto na economia quanto na política. Neste ano, o festival busca exercitar formas de se pensar o "meio ambiente" para além da ideia de Amazônia, referenciando a imagem como escuta, diferenciando das formas tradicionais de se comunicar a fotografia, as questões sociais, políticas e ambientais.

Para a fotógrafa, idealizadora e organizadora do evento, Marcela Bonfim, a fotografia também é uma forma de discutir as questões amazônicas evidenciando as reivindicações dos povos da própria região.

"Praticar o exercício comunitário da composição, prezando pelo sentido do acesso e da inclusão, tem sido a aposta e também a certeza do Festival. Queremos expandir a consciência visual e desmistificar os códigos que interferem em nossa visualidade, como também das diversas e múltiplas Amazônias, que se constituem apenas por habitar o seu meio", finaliza.

 Serviço: Festival Fotografia em Tempo e Afeto

Quando: 27 de Março de 2022 (domingo), às 20h

Ação: Lançamento do Catálogo On - https://www.fotografiaemtempoeafeto.com/


Mais informações: Site, InstagramYoutube.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 06 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://desenrolaenaomenrola.com.br/