Opinião Colunas

Viver ou sobreviver?

Em um país onde os jornais e a internet noticiam a informação que 33 milhões de pessoas passam fome, como podemos dizer que vivemos?
Cohab Brasilândia Taipas - Foto: Juh na Varzea

Estamos a todo momento tentando, veja bem, TENTANDO, sobreviver. 

Nas favelas é onde os recursos são mais escassos, enfrentamos lutas diárias e mesmo assim não é suficiente, então a todo momento travamos uma guerra que parece não ter fim, a guerra do desemprego, a guerra da fome, a guerra de sobreviver. A todo momento me incluo na fala, pois isso é a vivência de todos nós que moramos na quebrada.

Ser artista independente aqui neste país não é nada fácil, principalmente nesses últimos anos, você a todo momento está numa dura batalha, batalha em fazer as pessoas entenderem e compreenderem o seu valor, batalha em ter serviço e receber por isso, e a batalha mais difícil talvez, a de não desistir de tudo.

Em um fim de semana você tem trabalho, no outro já não sabe, e vive nessa eterna dúvida do amanhã.As contas, essas sim tem data, e não atrasam, todo mês chegam. Duro em um país com tanto desemprego, uma cesta básica custar quase um salário mínimo.

Respeitem o trabalho dos autônomos, dêem valor, PAGUEM, curtidas não servem de moeda de troca, no mercado não dá pra comprar comida com likes, água, luz, aluguel também não!

Em um mundo tão desigual, dizer que dinheiro não traz felicidade produz uma grande reflexão, de fato vemos muitos ricos que tem tudo e não são felizes, mas te garanto que se na quebrada nosso povo tivesse o acesso a dinheiro suficiente para arcar com todos os custos de uma vida digna, muita coisa por aqui melhoraria até psicologicamente.

Bizarro saber que o rico fica cada vez mais rico e o pobre... cada vez mais pobre. O sonho de todo morador (a) da quebrada é ter seu emprego honesto, suas contas pagas e comida na mesa sem faltar, assim viver de forma bacana.

A vida é desafio, e já dizia Racionais.

"Viver entre o sonho e a merda da sobrevivência"

A Vida é Desafio - Racionais Mc's

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 05 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://desenrolaenaomenrola.com.br/