Elvira Gonçalves de Matos, 68, moradora do Jardim Ângela, zona sul de São Paulo. (Foto: Ronaldo Matos/Arte: Flavia Lopes)
ENTREVISTA Raízes Periféricas

“Meu sonho era ter uma filha”, diz Elvira Gonçalves, migrante baiana moradora do Jardim Ângela

Aos 68 anos de idade, a migrante baiana da cidade de Ibititá compartilha como dedicou parte da sua vida  para cuidar dos filhos e revela o trauma de perder uma filha aos 17 anos e mais tarde realizar o sonho de ter outra menina.