Semana de jornalismo da Universidade Cruzeiro Sul debate jornalismo periférico

Com o tema “Na borda: o jornalismo periférico como combate à marginalização”, a abertura da III Semana de Jornalismo contou com participações de jornalistas que representaram a Agência Mural, Desenrola E Não Me Enrola e Periferia em Movimento.

Por Luiz Lucas, repórter da M´Boi Mirim 02/05/2019 - 11:56 hs
Foto: Luiz Lucas
Semana de jornalismo da Universidade Cruzeiro Sul debate jornalismo periférico
Semana de jornalismo da Universidade Cruzeiro Sul debate jornalismo periférico.

Na manhã da última segunda-feira (29), a Universidade Cruzeiro do Sul abriu a Semana de Jornalismo no Campus São Miguel, localizado na zona leste de São Paulo, com um importante debate sobre a produção de jornalismo nas periferias de São Paulo.

Ronaldo Matos, integrante do Desenrola e Não Me Enrola, esteve presente na mesa de abertura, que debateu o tema “Na borda: o jornalismo periférico como combate à marginalização”.  Além dele, compuseram a mesa Aline Rodrigues, do Periferia em Movimento e Eduardo Silva, da Agência Mural.

Aline começou a mesa quebrando paradigmas e indo contra teorias de comunicação que dizem respeito à imparcialidade. Para ela, a comunicação deve assumir posturas e o jornalismo periférico traduz isso. “É muito importante saber do lugar que a gente parte para fazer jornalismo”, comenta a jornalista.

Ronaldo, idealizador do Desenrola E Não Me Enrola, juntamente com Thais Siqueira, também explicou aos alunos como é a produção de uma comunicação periférica na visão do coletivo, que parte do pressuposto de um jornalismo não padronizado. “Para não reproduzirmos os estereótipos das grande mídia, produzimos um jornalismo para investigar as invisibilidades das periferias.”

Ele reforça o processo de produção jornalística do coletivo. “Quando as pessoas contam as histórias, as deixamos construir a narrativa ao invés de definirmos o que queremos contar”, conta ele, em tom de crítica ao formato de noticiabilidade da mídia tradicional.  

Além do Desenrola, Ronaldo e Thais são responsáveis pelo Centro de Mídia M’Boi Mirim, coworking localizado no Jardim Ângela, zona Sul de São Paulo e pelo curso Você Repórter da Periferia, que forma jovens das mais diversas regiões de São Paulo, através de teorias e técnicas jornalísticas, por meio de coberturas jornalísticas periféricas. “O curso foi idealizado para jovens construírem um olhar da cidade que não começa pelo centro de são Paulo, mas sim pelo seu bairro, pelos seus vizinhos”, explica.

 As inscrições para a edição de 2019 do Você Repórter da Periferia estão abertas. Saiba mais clicando aqui.

A III Semana de Jornalismo vai até o dia 3 de maio, com os temas Lugar de fala: mulher negra no jornalismo contemporâneo; O futuro do profissional LGBTQ no jornalismo brasileiro; Jornalismo esportivo e direitos humanos: não ao racismo, à homofobia e ao machismo, entre outros.