Notícia

Confira as escolas de samba da quebrada que irão desfilar no Carnaval de São Paulo

Edição:
Evelyn Vilhena

Leia também:

Prepara o abadá, e já chama os amigos e familiares, pois os desfiles começam neste sábado (11), no sambódromo do Anhembi, com entrada gratuita para o grupo de acesso 2.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.


Desfile de 2022 da escola Unidos de Santa Bárbara. Foto: Dilvulgação.

O samba é um dos movimentos que reflete diretamente a identidade e o protagonismo negro na história. Muitas comunidades de samba reforçam essa relevância em seus enredos e tem o carnaval como um período importante de visibilidade. Separamos oito escolas de samba que são de diferentes quebradas, fazem parte da Liga-SP e irão desfilar a partir deste sábado (11), no Sambódromo do Anhembi, com entrada gratuita para as arquibancadas do grupo de acesso 2.

“Nunca foi só um sonho [desfilar no sambódromo do Anhembi], mas um objetivo alcançado com muita competência e comprometimento com o nosso pavilhão. No sábado vamos mostrar para o universo do Carnaval a nossa essência. Vamos cantar muito, tirar onda e, acima de tudo, ser felizes na busca de mais um título para a nossa escola.”

Renato Moura, diretor de harmonia da Imperatriz da Paulicéia.

Até hoje o gênero busca retratar essa potência e a realidade sociocultural das populações negras e periféricas. Isso pode ser observado na tradição da cultura popular e história de resistência de agremiações que ocupam o principal palco do samba, com destaque para a Imperatriz da Paulicéia, Campeã UESP (União das Escolas de Samba Paulistanas) em 2022 e estreante no sambódromo do Anhembi, abrindo os desfiles de 2023.

“Convidamos todos para prestigiar o trabalho das escolas da periferia de São Paulo. O nosso maior destaque, como sempre, será o povo da zona leste, que vai chegar cantando com muita garra e energia para mais um grande Carnaval, com uma proposta afro-religiosa e irreverente.”

Camilo Augusto, presidente da escola Amizade Zona Leste.

E aí, o que acha de cair na folia ao mesmo tempo em que fortalece as escolas de quebrada? Saiba um pouco mais sobre essas e outras escolas de samba periféricas do Carnaval de São Paulo.

Imperatriz da Pauliceia 

Casal Leila e Ronaldo com pavilhão da escola Imperatriz da Pauliceia. Foto: Divulgação.

Escola fundada em 1980 e sediada na Vila Fidelis Ribeiro, zona leste. A azul e branca abrirá o Grupo de Acesso 2, no dia 11/02, com o enredo “Bem-vindos à Vila Esperança – O Berço do Carnaval paulistano”. O projeto é do carnavalesco Pedro Alexandre, o Magoo, e a direção de Harmonia fica a cargo de Renato Moura.
Data: sábado – 11/02/2023
Horário: às 20h00 (1ª escola a desfilar)
Grupo: Acesso 2

Amizade Zona Leste

Mestre sala e porta bandeira da escola Amizade Zona Leste. Foto: Divulgação.

Fundada em 1995, a escola está localizada em São Mateus, zona leste. Neste ano a escola leva para a avenida o enredo “Do Zé Pelintra ao Zé Ninguém. Qual Zé Você É?”. O tema tem essência nas religiões de matrizes africanas, começando pelo José da Umbanda e fazendo relação com São José do catolicismo. Mas promete passear pelos Zé’s famosos da história e que fazem parte do imaginário popular em forma de expressão, como “Zé Povinho”, “Zé Ninguém” e “Zé Ruela”. A letra é assinada por Thiago Meiners e companhia.
Data: sábado – 11/02/2023
Horário: às 20h50 (2ª escola a desfilar)
Grupo: Acesso 2

Brinco da Marquesa

Desfile escola Brinco da Marquesa. Foto: Divulgação

Com 35 anos de história, sua sede é localizada na Vila Brasilina, distrito do Cursino, zona sudeste. A escola irá exaltar as comemorações tradicionais brasileiras por meio do enredo “É Festa! No Brasil é alegria o ano inteiro. A Marquesa comemora com você”, interpretado por Buiu MT.
Data: sábado – 11/02/2023
Horário: às 21h40 (3ª escola a desfilar)
Grupo: Acesso 2

 Primeira da Cidade Líder

Desfile 2022 da Primeira da Cidade Líder. Foto: Bruno Giannelli/SRzd

É uma escola fundada em 1993, com o intuito de levar o samba para a comunidade da Cidade Líder, zona leste. Em 2018 foi campeã da UESP, estreando no Anhembi no ano seguinte. Com o enredo “70 Anos De Uma Escola Diferente, Lá Vem Salgueiro!”, irá homenagear a tradicional escola carioca e promete surpreender não só no samba, mas nas fantasias e alegorias.
Data: sábado – 11/02/2023
Horário: às 22h30 (4ª escola a desfilar)
Grupo: Acesso 2

Leandro de Itaquera

Casal de mestre sala e porta bandeira da Leandro de Itaquera. Foto: Divulgação.

Localizada em Itaquera, zona leste, a agremiação foi fundada em 1982, por Leandro Alves Martins, seu atual presidente. Rebaixada para o Acesso 2 no último ano, irá reeditar o enredo “Batuque, a Força de Uma Raça”, de 1992. O hino exalta a importância da ancestralidade negra na cultura, religião e arte brasileiras.
Data: sábado – 11/02/2023
Horário: às 01h00 (7ª escola a desfilar)
Grupo: Acesso 2

Unidos de Santa Bárbara

Foto: Divulgação

Criada como bloco carnavalesco em 1988, em 2009 virou escola de samba. Situada no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, seu nome homenageia a santa de devoção de seus fundadores. Fará uma reedição do samba-enredo de 2010 “Kosi Ewe — Salve as Folhas. Sem Folhas, Não Tem Orixás”, que homenageia a fundadora da escola – Mãe Helena, e enaltece o Candomblé e a importância da natureza e de seu poder de cura.
Data: sábado – 11/02/2023
Horário: às 02h40 (9ª escola a desfilar)
Grupo: Acesso 2

 Estrela do Terceiro Milênio

Foto: Divulgação

É uma escola de samba do Parque América, região do Grajaú, zona sul de São Paulo. Com o enredo “Me dê a sua tristeza que eu transformo em alegria! Um tributo à arte de fazer rir”, a agremiação faz sua sonhada estreia no Grupo Especial, cheia de vontade de conquistar o sorriso do público do Anhembi e o título de campeã.
Data: sábado – 18/02/23
Horário: às 22h30 (2ª escola a desfilar)
Grupo: Grupo Especial

 Nenê de Vila Matilde

Foto: Divulgação

É uma das escolas de samba mais tradicionais da cidade, fundada em 1949 na Vila Matilde, zona leste de São Paulo, e que já conquistou o grupo principal do carnaval onze vezes. Em busca do retorno ao Grupo Especial, a agremiação desfilará este ano com o samba-enredo “Faraó Bahia”, que destaca a importância da Bahia como berço da cultura e religiosidade afro-brasileiras, além de exaltar a tradição da Nenê e a história de luta do povo negro por liberdade.
Data: domingo – 19/02/2023
Horário: às 21h00 (1ª escola a desfilar)
Grupo: Acesso 1

Os ingressos para todos os desfiles estão disponíveis para venda neste site, com valores a partir de R$15 (meia-entrada). Para quem quiser curtir o Carnaval na faixa, no dia 11/02/2023 as arquibancadas estarão com entrada gratuita para ver as doze escolas do Grupo de Acesso 2. Mesas e cadeiras ainda são pagas.

Você também pode acompanhar tudo da sua casa, ao vivo, pelo YouTube da Liga-SP.

Autor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.