Notícia

Coletivos e organizações sociais promovem ato pela garantia de direitos trabalhistas em frente a DRE Campo Limpo

Leia também:

O ato é uma iniciativa unificada para defender os novos rumos da educação pública na cidade de São Paulo e a garantia de direitos dos trabalhadores que estão sendo ameaçados pela reforma da previdência e pela lei da terceirização.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.


Foto Divulgação

Nesta quinta-feira (30), a Diretoria Regional de Ensino (DRE) Campo Limpo, localizada na zona sul de São Paulo, será o ponto de encontro de coletivos de cultura e educação, organizações sociais e sindicatos que farão um ato unificado às 10h, para protestar pela defesa da Educação Pública e pela garantia dos direitos dos trabalhadores que estão sendo ameaçados pela reforma da previdência e pela lei da terceirização.

Com participações do Coletivo de Educação e Culturas Periféricas, Sociedade Santos Mártires, Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal de São Paulo (SINPEEM), Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOSP) regional Sul e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), o manifestação marca o envolvimento direto de agentes que estão na periferia disseminando conhecimento sobre a participação política dos moradores destes territórios.

Abaixo assinado contra o apagamento do Graffiti na DRE Campo Limpo

Visando resgatar a aproximação e a relação firmada em 2016, entre a DRE Campo Limpo e os movimentos culturais que atuam nos territórios da M´Boi Mirim, Capão Redondo e Campo Limpo, o Coletivo de Educação e Culturas Periféricas está promovendo um abaixo assinado para restaurar o grafiti que foi apagado da fachada do prédio que funciona como sede do órgão público.

A ação de apagar o grafiti foi realizada no último sábado (25) pela prefeitura da cidade de São Paulo. Além de deixar a sede do órgão sem identidade, a ação do pode público feriu diretamente a proposta de materializar as relações entre a Educação Pública e as Culturas das Periferias, que vem sendo uma grande aliada dos professores para potencializar o aprendizado dos estudantes das periferias e o envolvimento dos alunos com diversas linguagens artísticas.

Manifeste seu envolvimento com esta causa e vote aqui a favor da restauração do grafiti na fachada da Diretoria Regional de Ensino do Campo Limpo.

Autor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.