Notícia

Coletivo aposta no financiamento colaborativo para garantir organização do Arrastão Cultural em Guarulhos

Edição:
Redação

Leia também:

Coletivo convoca admiradores da cultura guarulhense a apoiar campanha de financiamento colaborativo para realização de mais um ano de evento cultural na cidade.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.


Promovido pelo coletivo ‘Arrastão Cultural’, que tem papel fundamental na cena artística independe de Guarulhos, o evento Arrastão Cultural, onde diversos artistas, artesões, poetas e músicos possuem seu espaço garantido, já tem dia e horário para acontecer.

Previsto para o dia 11 de dezembro, das 14h às 22h, na Praça das Pedras, no Jardim Macedo, esse ano, além de intervenções artísticas, poéticas e musicais, haverá também exposições fotográficas, brechós, discotecagem e até Folia de Reis durante a programação.

Já são seis anos de Arrastão Cultural em Guarulhos, realizado em praças da periferia de Guarulhos e na região central. E este ano, o coletivo quer fazer um evento com muito mais música, diversidade e entretenimento, motivo pelo qual decidiu embarcar em uma campanha de financiamento coletivo através do Kikante (saiba como ajudar aqui).

O dinheiro será destinado ao aluguel de banheiros químicos, tenda para o palco, água e alimentação para os artistas e equipe de produção. Segundo a organização por trás da campanha, o maior desafio é conseguir uma estrutura adequada para realização de 2016.

A primeira edição do evento aconteceu em 2012, por acaso, quando o músico João Ferreira, mais conhecido como João Perreka, foi convidado a organizar apresentações musicais para celebrar o último dia de uma ação de grafiteiros, que acontecia na Escola Estadual Raquel de Queiroz, no Jardim Santa Lídia.

“Fui convidado a chamar alguns grupos e bandas autorais para celebrarmos o último dia desta ação, que já tinha o nome Arrastão Cultural e desde então foi dada a importância de mostrar a cidade que temos ótimos artistas em diversos segmentos”, conta Perreka.

Para Perreka, um dos momentos mais marcantes de todos esses anos, foi quando ele e sua banda, João Perreka e os Alambiques, subiram ao palco do Arrastão Cultural pela primeira vez para tocar. Isso aconteceu na última edição, em 2015.

O músico conta também que a maior conquista, durante todos esses anos de evento, foi conhecer e trabalhar com diversas pessoas que acreditam e querem ver a cena cultural e independente de Guarulhos aparecer cada vez mais.

Nesta edição, não é estimado um número ‘X’ de pessoas para o evento, pois o verdadeiro intuito do coletivo é que quem nunca conseguiu participar dos anos anteriores, possa, no dia 11, conhecer os artistas que estão movendo e impulsionando a cultura local.

“Nossa real expectativa e de pulsar mais um dia de arte, ver sorrisos e ver aquela paz, na praça das pedras, local em que já poderia existir uma estrutura fixa de qualidade, para bem servir todas as ações culturais e esportivas que lá acontecem”, explica Perreka.

Confira no vídeo abaixo como foi a última edição do evento, em 2015 e fique ligado na programação completa do evento, clicando aqui.

Autor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.