Opinião

Aplicativo de namoro afrocentrado é muito mais que pegação

Leia também:

O Denga Love está disponível para download gratuito, e é totalmente voltado para a promoção de relacionamentos entre pessoas pretas.  

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.


Foto Divulgação: Denga Love

No dia 14 de outubro deste ano, um novo aplicativo de relacionamento entrou no radar dos solteiros, o Denga Love. O software foi desenvolvido por um grupo de profissionais da tecnologia, que não se identificavam com as plataformas de namoro que estavam no mercado até então.

Minha entrada no mundo da paquera virtual é recente. E assim como meus pares da geração Z comecei pelo Tinder. Depois de uma semana com o Tinder instalado e com a esperança de achar um boy pretinho pra aquecer minhas costas, o que encontrei por lá foi simplesmente o mais do mesmo – o tipo de padrão encontrado nos apps tradicionais não nos favorecem.

Fiz o censo pessoal e de cada 30 perfis que aparecem como sugestão por dia, apenas 3 eram homens pretos, o que diminuía e muito as minhas chances de achar alguém com as características que eu procurava (procuro).

Pretos se amando 

Foto Divulgação: Denga Love

Assim que vi a notícia de que um aplicativo voltado para o público preto estava para ser lançado, não hesitei e baixei na mesma hora – preciso ressaltar que minha autoestima ficou elevadíssima, pois, após 10 horas de perfil ativo, recebi 18 investidas altamente interessantes. Uma média de aproximadamente 2 opções por hora. Para quem tem dificuldade em encontrar homens negros interessantes como eu, isso é um achado!

O que me chamou atenção também foi o caráter profissional dos usuários, a maior parte dos homens que entraram em contato ou que deram match são formados ou estão cursando faculdade e isso, pra mim, é um dado muito qualitativo e eu explico o por quê.

Uma das coisas que me deixa frustrada na faculdade é a falta de homens pretos com mais de 35 anos naquele ambiente. Se você me questionar se a universidade é lugar pra isso, eu vou te responder que para quem tem uma beleza tida como padrão, qualquer lugar pode ser usado para este fim.

Amor afrocentrado

Foto Divulgação: Denga Love

Depois de muita reflexão e autoconhecimento cheguei a conclusão de que a minha escolha por homens nessa faixa etária (35+) foi condicionada, uma vez que homens mais novos, na casa dos 20-30 se interessam por mulheres brancas, magras, cabelo liso e rosto fino, o que não é o meu caso – e aqui se aplica novamente as minhas percepções pessoais.

Com quase uma semana interagindo só com caras pretos lá no Denga Love, desinstalei o Tinder e sigo pleníssima esperando um convite para um encontro de um dos meus 88 match’s.

Um relacionamento afrocentrado não se trata apenas de pegação, de amor, ou flerte, para nós, pessoas pretas, trata-se de ancestralidade, é político e cultural. A palavra Denga é de origem africana e significa gesto de carinho e amor. O termo vem da língua quicongo e ndengo – significa doçura ou o que é macio e sedoso. É um ganho ter um espaço virtual para criar esse tipo de conexão entre os nossos.

Autor

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.