Notícia

7° edição do Você Repórter da Periferia oferece 20 vagas para jovens das periferias de SP

Com duração de 7 meses, a formação une técnicas do jornalismo periférico e vivências em campo nos territórios. As inscrições acontecem de forma online até o dia 30/04, com oficinas gratuitas e auxílio transporte.
Edição:
Redação

Leia também:

Após três anos sem abertura de inscrições devido a pandemia da covid-19, em 2023 o Você Repórter da Periferia retoma as atividades e segue com inscrições abertas até o dia 30 de abril, para sua 7° edição. Com oficinas teóricas e práticas realizadas entre os meses de maio a dezembro, a formação é gratuita e voltada para jovens de 16 a 25 anos, de regiões periféricas da cidade de São Paulo. 

Para participar, os jovens podem ou não estar estudando – concluintes ou estudantes do ensino médio e também podem ser universitários que estejam cursando o 1º ano do ensino superior de qualquer curso na área da comunicação.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.

A inscrição pode ser realizada até o dia 30 de abril, clicando aqui. 

A formação é dividida em duas fases: teórica, período em que os jovens participam de oficinas como videorreportagem e técnicas de entrevista, com aulas aos sábados na redação do Desenrola e Não Me Enrola, localizada no Jardim Ângela, zona sul de São Paulo; e a fase prática, momento no qual passam a produzir conteúdos sobre ações e movimentos culturais de diferentes territórios periféricos.

Realizado desde 2013 pelo veículo de jornalismo periférico Desenrola e Não Me Enrola, essa edição irá contemplar 20 jovens periféricos que além da alimentação durante todos os encontros, também irão receber um auxílio transporte para o deslocamento nas oficinas teóricas e práticas.

“A volta das formações é um marco importante nesse ano em que o Desenrola completa 10 anos. A pandemia da covid-19 impediu a realização de três edições do programa e atravessou diretamente a população preta e periférica, que é o público central da nossa atuação. Por isso, jovens negros, perifericos, lgbtqia+ são o foco do Você Repórter da Periferia e também o motivo da mobilização para conseguirmos oferecer auxílio transporte nesse período”.

Thais Siqueira, articuladora institucional do Desenrola e Não Me Enrola.

Além de aprender sobre ferramentas e técnicas da comunicação, como redação jornalística, fotografia, videorreportagem, técnicas de entrevista, técnicas de captação de áudio e produção de conteúdo para redes sociais, o programa busca evidenciar as produções de conhecimentos enraizadas nas periferias, e como esses territórios são espaços de potência cultural e econômica.

“A formação apresenta a mídia como uma poderosa ferramenta de transformação dos territórios, através de um jornalismo que dê visibilidade para as vivências e vozes das margens. Isso envolve não apenas o conteúdo, mas a forma de fazer jornalismo da periferia para periferia”

Laura da Silva, que é moradora de Parelheiros, zona sul de São Paulo, e participou da 5º edição do VCRP, em 2018.

A formação terá início no dia 13 de maio, com aulas teóricas aos sábados, das 10h às 14h30, na redação do Desenrola e Não Me Enrola, localizada na Rua Ernesto Pasqualucci, 134, Jardim Dionísio, São Paulo. Já as aulas práticas, que eventualmente podem acontecer aos domingos, são realizadas em diferentes territórios de São Paulo.

Os interessados em participar do programa de formação devem realizar sua inscrição até o dia 30/04/23 e aguardar a divulgação dos selecionados até o dia 03/05/23.

Desenrola e Não Me Enrola é um veículo de jornalismo periférico criado em 2013, com objetivo de criar e ressignificar a produção de Conteúdo e Formação sobre sujeitos e territórios periféricos.

Autor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos.