Documentário investiga identidade da estética preta nas periferias de São Paulo

Documentário investiga identidade da estética preta nas periferias de São Paulo

O média-metragem 'Quem te penteia?' vai do corte chavoso às tranças, para discutir assuntos como ancestralidade, autoestima e economia solidária por meio de entrevistas com trançadeiras, cabeleireiros, barbeiros e moradores das quebradas.

Por Da Redação 11/04/2018 - 11:14 hs
Foto: Nina Vieira

O documentário “Quem te penteia?”, produzido pela produtora audiovisual Zalika Produções, foi gravado no Capão Redondo, Jardim Miriam, Jardim Ângela e Grajaú, na zona sul, Guaianases e Itaquera, na zona leste, e no centro da cidade, representado pela Galeria Presidente. O filme estréia na próxima segunda-feira (16) às 20h, na Galeria Olido, localizada no centro da capital paulista.

Engajada em pesquisar e documentar a vivência da população preta e periférica, a produtora r mostra no filme como o cuidado com o cabelo, além de ser um ato de vaidade, é também um símbolo de afirmação identitária.

Outra característica marcante no media metragem, é a busca por sustentabilidade financeira e liberdade de expressão. A escolha de cada personagem foi pensada com a intenção de promover um debate que inclua diferentes perspectivas de gênero.

A produtora audiovisual e diretora fotográfica do documentário, Naná Prudencio relata o propósito do filme.  “Nossa intenção é que o filme dialogue e crie uma identificação com a periferia. Respeitamos as gírias, as formas de se expressar de cada personagem. Queremos que as pessoas sintam que esses bairros e pessoas foram representados com autenticidade, cuidado e respeito.”

Prudencio é integrante do coletivo DiCampana Foto Coletivo. Em 2013, ela criou a Zalika Produções, com a intenção de democratizar o segmento audiovisual com uma perspectiva que considere as questões étnicas e territoriais. Entre seus objetivos está a busca por documentar a vivência da população preta e periférica.

Agenda

Lançamento do documentário “Quem te Penteia?”

Data: 16 de abril

Local: Galeria Olido  

Endereço: Av. São João, 473 - Centro, São Paulo

Horário: 20h

Entrada: Gratuita

*Retirada de ingressos com 1h de antecedência